Em Destaque
  1. Futsal Juniores conquistam Taça do Algarve
  2. Resultados (11 e 12 de Maio)
  3. Louletano B Sagra-se campeão!
  4. Resultados (4 e 5 de Maio)
  5. Louletano B sobe à 1ª Divisão Distrital

História

 

Fundado em 6 de Junho de 1923, o Louletano Desportos Clube nasceu de uma fusão de duas associações que se dedicavam à prática     desportiva e social na então Vila de Loulé.

O objectivo dos Fundadores do Clube – liderados pelo Dr. Frutuoso da Silva, o 1º Presidente da Direcção do Louletano Desportos Clube – era a prática do futebol e as actividades sociais, nomeadamente jogos de salão e bailes.

Ao longo dos anos na modalidade surge como ex-libris do Clube: o Ciclismo (nomes como Joaquim Apolo, Valério Clara “Chocolateira”, Tenazinha e outros, ficaram na história do Clube e de Loulé por feitos então considerados quase heróicos pelo fervor popular em provas como a Volta a Portugal, por exemplo).

Com o 25 de Abril de 1974, o número de actividades desportivas e sociais do Clube aumentou, constituindo-se as equipas de futebol e basquetebol juvenil, de Xadrez, de Atletismo, etc., etc., foi a época da massificação extrema da prática desportiva – impulsionada pela novidade e pela apetência da população em participar e em contribuir com o desenvolvimento local.

 

 

QUANTIDADE = QUALIDADE

Como consequência lógica desta massificação, de toda esta quantidade surgiu a qualidade.

E eis que na época de 1976/77 acontece um dos maiores feitos do historial do Clube: a Equipa de Iniciados de Futebol disputa a final do Campeonato Nacional, sagrando-se Vice-Campeã frente ao F.C.Porto (D 2-0). Para atingir esta classificação, clubes como o Sporting, o Belenenses, etc baqueiam frente a uma equipa formada só por jogadores de Loulé e cuja génese foram as Escolas de Futebol criadas em 1974.

Por essa altura o Louletano praticava, igualmente, Andebol, Futebol Sénior, (subida à 3ª Divisão Nacional), Atletismo, Rugby e Xadrez.

Em meados dos anos oitenta o Clube teve uma meteórica ascensão. A favorável conjectura económica que a Região Algarvia atravessou, aliada a um superior apoio, quer a nível de infra-estruturas quer financeiro, prestado pela edilidade Louletana e pelas grandes Empresas a laboraram no Concelho de Loulé, e ao reforço, em termos organizativos da estrutura do Louletano.

O Louletano torna-se o primeiro Clube a Sul do Tejo a vencer uma Volta a Portugal em Bicicleta, quer a nível individual (Cayn Theakston), quer por equipas (Volta de 1987).

São criados os Departamentos de Ginástica e de Natação, hoje Departamentos de grande vitalidade dentro do Clube, movimentando em conjunto, cerca de 1.500 desportistas, que, quer desde a vertente de recreação/manutenção, quer até na de alto rendimento, detêm um capital de prática desportiva de assinalável relevo a nível nacional e internacional, possuindo como consequência de todo este universo, diversos títulos e recordes nacionais e, inclusive, atletas que, com as cores da Selecção Nacional, obtiveram (e obtém) honrosas classificações a nível mundial. 

 

É reforçada a aposta, futebolisticamente falando, nos escalões de formação, com especial carinho e relevo para a criação, em regime contínuo das Escolas de Futebol, que para além de proporcionarem a aprendizagem teórica e desportiva dos conceitos básicos da modalidade , cumprem uma função social de peso na Cidade de Loulé: a ocupação dos tempos livres de estudantes dos 5 aos 12 anos e julga-se estar no bom caminho – basta constatar as classificações das diversas equipas de futebol juvenil, ano após ano, para se concluir que o Louletano D.C. é uma potência, a nível nacional, neste âmbito.

DISTINÇÕES

Em  29 de Novembro de 1989 o Louletano D. C. foi considerado  Instituição de Utilidade Pública, o que podemos considerar como reconhecimento, por parte do Governo, pelo trabalho desenvolvido junto da população e que continua a desenvolver.

No ano de 1998 (ano em que o Louletano comemora as Bodas de Diamante)  é atribuído mais um prémio de reconhecimento: “Melhor Clube Desportivo do Algarve”, sendo distinguido com a Medalha de Mérito   Desportivo (27/07/98). 

Outras distinções:

  • Sócio Honorário Associação Ciclismo de Algarve
  • Sócio Honorário  Associação de Futebol Algarve
  • Sócio Honorário Associação Atletismo Algarve
  • Medalha de Mérito Municipal
  • Medalha de Bons Serviços Desportivos
  • O LDC tem 95 anos, sendo um dos clubes mais antigos do Concelho de Loulé.
  • Aposta não só na competição mas também na formação.
  • Tem 15 equipas de futebol e futsal de formação a participar nos vários campeonatos distritais.
  • Tem 1 equipas de futebol de formação a participar no campeonato nacional da 2ª divisão, (Juniores).
  • Vários ginastas na selecção nacional e mais recentemente, e participantes na Gymnaestrada Mundial.
  • A equipa masculina de natação, detém vários títulos sendo em 2001 sagrado campeã nacional da 3ª divisão; Nas artes marciais, apesar de ser um departamento novo já conta com campeões nacionais.
  • A equipa de futebol sénior que participa no CNSeniores 2018/2019. 
  • A equipa de futsal sénior que participa no  CN 2ª Divisão 2018/2019

– A equipa de Triatlo do Louletano formou-se em Outubro de 2009, ao longo das últimas 5 épocas a equipa tornou-se numa referência e uma bandeira do Triatlo na região do Algarve.

Para além de vários títulos nacionais de Triatlo agegroup (grupos de idade) conquistados pelos seus triatletas, Isa Parreira (Ag25), Lénia Gamito (Ag35),   Nuno Neves (Ag30), David Caldeirão (Ag35), Leonardo Lopes (Ag40), Antonio Raposo (Ag50) e Carlos Cabrita (Ag55), em Duatlo Elisabete Sousa (Ag35) e José Varela (Ag55). A nivel internacional, destaca-se David Caldeirão, com duas medalhas de bronze em campeonatos da Europa de Triatlo agegroup, e a presença de nove triatletas do Louletano no Campeonato da Europa de Triatlo realizado em Pontevedra (2011).

Mas foi no primeiro ano de actividade que a equipa de triatlo alcançou o seu melhor resultado a nivel nacional, com a conquista dos titulos nacionais de clubes de triatlo senior em femininos e masculinos em Aveiro (2010).

  • No LDC praticam diariamente desporto mais de 5000 pessoas, sendo aproximadamente 1800 federados nas respectivas secções.
  • No contexto desportivo actual do país o LDC é o maior clube a sul do Tejo.
  • A participação dos atletas do LDC não se restringe apenas ao Algarve, estando presentes não só em todo o país como também no estrangeiro.
  • O LDC faz parte dos clubes residentes no Estádio Algarve.
  • É difícil encontrar famílias em Loulé que não tenham pelo menos um membro a praticar ou que já tenha praticado desporto no LDC.
  • O LDC é uma instituição de utilidade pública o que traz benefícios fiscais a quem o apoia.
  • O LDC orgulha-se de presentemente, pertencer a uma pequena elite de clubes que não têm qualquer dividas perante o estado, sendo elas fiscais ou de Segurança Social.
  • A grande luta à qual nos dedicamos no momento, é a de aproximar a população Louletana ao clube, pois são os sócios e simpatizantes, para além claro está dos atletas, a razão de vida do LDC.

Actualmente o clube é Presidido por António Brito do Adro.